País exporta matéria-prima e importa produto final

Devido ao aumento exponencial da população do Brasil e do número de pessoas em suas metrópoles, o setor ferroviário e de transportes do país tem crescido cada vez mais. Tendo como principal insumo para a produção dos trens o minério de ferro, o Brasil exporta esse recurso para a China, faz investimentos em tecnologia de ponta e aloca motor gerador de energia para a extração dessa matéria, que é encontrada geralmente em locais que não há acesso à eletricidade ou em regiões que a aquisição deste serviço é escassa (este produto pode ser adquirido conosco, dispondo de ótimo desempenho e performance, entre em contato conosco e saiba mais).

O problema está na falta de aplicação de recursos em tecnologia, ciência e estímulo da competitividade das indústrias brasileiras. Exportamos o minério de ferro e importamos o trilho, um produto final que tem o primeiro como principal matéria na composição de sua estrutura. Isso gera a desvalorização da commodity, levando em consideração que a aquisição do produto final, que passa pelo processo de industrialização é mais caro que a exportação da matéria-prima em si.

O texto acima "País exporta matéria-prima e importa produto final" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre direitos autorais.